20 Curiosidades sobre os grilos



  • Os grilos são insetos da ordem Orthoptera. Ordem que também tem como membros os gafanhotos, as esperanças e as paquinhas.

  • Um grilo pode medir entre 30 milímetros até 50 milímetros de comprimento.

  • Os grilos sofrem uma metamorfose incompleta, que inclui três estágios de desenvolvimento (ovo, larva e adulto), diferentemente das borboletas que sofrem uma metamorfose completa de quatro estágios (ovo, larva, pupa e adulto).

  • O grilo tem um tempo de vida na forma adulta de cerca de 06 semanas.
    Um grilo adulto só tem dois objetivos em sua sua curta vida: comer e acasalar.

  • Embora os grilos tenham asas, eles não voam. Os grilos podem pular ou percorrer distâncias curtas produzindo movimentos bruscos.
    Os grilos usam as asas para se comunicar com os outros grilos. Para produzir os sons de chilrear, eles esfregam uma asa contra a outra. O som que o macho produz tem dois propósitos importantes e práticos para ele: atrair as fêmeas e alertar os outros grilos machos para ficarem longe.

  • Os grilos são onívoros, se alimentam de matéria vegetal e animal.

  • Os predadores naturais do grilo são: os roedores, os sapos, os pássaros, as aranhas, os lagartos, as vespas e as salamandras.

  • No mundo todo existem cerca de 900 espécies diferentes de grilos.

  • Os grilos são encontrados em quase todo o mundo, exceto em locais acima de 55 graus de latitude norte e sul.
    Os habitats dos grilos são: as matas, as florestas, os campos, as cavernas, as árvores, as pastagens e detritos de quintal de casa.

  • Os grilos podem ser da cor marrom, preta, vermelha ou verde.

  • Os grilos possuem olhos compostos e dispõe de uma ótima visão.

  • As longas antenas que os grilos possuem ajudam eles a sentir e cheirar o ambiente.

  • Um grilo é capaz de morder uma pessoa, mas a mordida não é forte o suficiente para danificar a pele. Geralmente o grilo morde para praticar a autodefesa.

  • Os grilos são insetos com hábitos geralmente noturnos, o que explica por que os ouvimos ao entardecer e à noite.

  • Um grilo não é um gafanhoto.
    Diferenças entre um grilo e um gafanhoto:
    O grilo tem hábitos noturno e o gafanhoto tem hábitos diurno.
    O grilo é Onívoro e o gafanhoto é Herbívoro.
    O grilo tem antenas muito longas e o gafanhoto antenas curtas.

  • Na China, os grilos são vendidos como animais de estimação, milhões de chineses criam e cultivam os grilos todos os anos.

    É uma tradição milenar que existe na China de adoração aos grilos, para os chineses os grilos trazem boa sorte.

    A luta entre grilos também é uma tradição muito popular que existe na China desde a dinastia Song (século X), somente os grilos machos participam do combate.

  • Folclore:
    No litoral norte do Estado de São Paulo (Brasil), existe um ditado que diz assim: Um grilo preto dentro de casa é sinal de doença, um grilo cinza é sinal de dinheiro e um grilo verde é sinal de esperança.

    Em Barbados (América Central), quando aparece um grilo e faz um som alto, significa que o dinheiro está chegando. Mas se aparece um grilo que faz um som baixo, significa o presságio de doença ou morte.

  • No Camboja, Laos, Tailândia e Vietnã, os grilos fazem parte da dieta dos nativos desses países.

    Na Tailândia, existem milhares de fazendas de médio e grande porte que produzem milhares de toneladas de grilos todos os anos para o consumo humano.

    Em comparação com as tradicionais fontes de carne (bovina, suína e de aves), os grilos são altamente nutritivos.

  • Os grilos no cinema e na animação:
    No desenho animado O Álbum da Família Urso (The Beary's Family Album), no episódio de número 09, chamado Davi-Grilo (Davey Cricket), um grilo aparece na residência da família Urso, e acaba dando muito trabalho e fazendo de bobo o Charlie Ursolão.

    Em 1940, Walt Disney criou o Grilo Falante (Jiminy Cricket), uma versão do Il Grillo Parlante, um personagem fictício criado pelo escritor italiano Carlo Collodi em 1883.

    Com a sua versão de 1940, Walt Disney acabou criando o único grilo de quatro patas do mundo todo.

  • Os grilos na música:
    Os Grilos (The Crickets) foi uma importante banda norte-americana de rock and roll da década de 1950. Foi formada por Buddy Holly (vocal e guitarra), Jerry Allison (bateria), Joe B. Mauldin (baixo) e Niki Sullivan (guitarra).

    Os Grilos foi a banda de rock pioneira na formação padrão de duas guitarras, baixo e bateria que existe até hoje. Os Beatles (The Beatles) escolheram o seu nome como uma espécie de homenagem aos Grilos.

    Buddy Holly foi o que mais se destacou na banda e no final da década de 1950 só perdia em popularidade para Elvis Presley nos Estados Unidos.

    Holly faleceu aos 22 anos de idade em 1959 em um trágico acidente aéreo. No mesmo acidente morreram também os cantores Ritchie Valens e The Big Bopper.



Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização.
Copyright © 2014- www.insetos.org Todos os direitos reservados.

20 Curiosidades sobre as cigarras



  • As cigarras são insetos da ordem Hemiptera.
    Uma cigarra é um inseto grande "tipo mosca", com grandes asas membranosas. Os machos emitem sons estridentes nas copas das árvores durante os meses de verão. Esses sons são usados ​​para atrair as cigarras fêmeas para o acasalamento. Apenas os machos “cantam”, as fêmeas não cantam.

  • Uma cigarra pode medir entre 02 cm até 05 cm. A maior espécie é a Megapomponia imperatoria, que tem um comprimento de cabeça e corpo de cerca de 7 cm e de envergadura de 18 a 20 cm.

  • As cigarras sofrem uma metamorfose incompleta, que inclui três estágios de desenvolvimento (ovo, larva e adulto), diferentemente das borboletas que sofrem uma metamorfose completa de quatro estágios (ovo, larva, pupa e adulto).

  • Quanto tempo uma cigarra vive na fase adulta depende da espécie. O tempo de vida na forma adulta é de cerca de um mês. A cigarra na fase adulta existe principalmente para se reproduzir.

  • Como todos os insetos, a cigarra tem três pares de pernas articuladas, uma cabeça, tórax e abdômen.

  • As ninfas da cigarra se alimentam bebendo a seiva do xilema de várias espécies de árvores. Os adultos também se alimentam bebendo a seiva das árvores. As cigarras bebem em vez de comer.

  • As cigarras têm muitos inimigos naturais, incluindo pássaros, morcegos, louva-a-deus, aranhas, ácaros, doenças fúngicas e a vespa matadora de cigarras.

  • Em todo o mundo existem mais de 3300 espécies diferentes de cigarras.

  • As cigarras quando se tornam adultos, vivem dentro e ao redor de plantas semelhantes às plantas hospedeiras, geralmente a mesma árvore em que nasceram.

  • As cigarras pertencem a subclasse dos insetos pterigotos (insetos com dois pares de asas).

  • As cigarras não são um inseto mordedor ou picante, nem são venenosas. As cigarras são relativamente inofensivas para o homem. Elas não têm ferrões para picar ou mandíbulas para morder.

  • As cigarras apresentam reprodução sexuada, portanto, machos e fêmeas maduros devem estar presentes para reprodução ocorrer.

  • As cigarras têm cinco olhos. Dois grandes olhos compostos e três pequenos olhos simples.

  • Quase todas as cigarras cantam durante o dia, mas a que hora do dia elas cantam depende das espécies e do clima. As cigarras não cantam até morrer.

  • As cigarras não são gafanhotos.

  • As cigarras são uns dos insetos que produzem o som mais barulhento do planeta terra. O som que as cigarras produzem podem chegar até os 120 decibéis, é o mesmo volume de decibéis que o Rock in Rio produz.

  • Na natureza existem dois tipos de cigarras: a cigarra anual e a cigarra periódica. As cigarras anuais podem ser vistas todos os anos. As cigarras periódicas podem ser vistas a cada 13 ou 17 anos.

  • Cigarra cantando não é sinal de chuva, o macho canta para chamar a fêmea para o acasalamento, o acasalamento acontece entre a Primavera e o Verão, épocas do ano que mais chove. Tudo não passa de uma mera coincidência.

  • Na Grécia Antiga, as cigarras eram consideradas uma iguaria. Hoje em dia as cigarras são muito consumidas na China, principalmente na forma de ninfas.

  • Na China, a cigarra simboliza o renascimento e a imortalidade.
    No Japão, a cigarra está muito associada com o verão. Para muitos japoneses, o verão somente começa oficialmente quando as cigarras começam a cantar.


Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização.
Copyright © 2014- www.insetos.org Todos os direitos reservados.

20 Curiosidades sobre as libélulas



  • As libélulas são insetos da ordem Odonata, cujo o nome se refere às mandíbulas grandes.

  • A libélula é um inseto predador natural do Aedes Aegypti (mosquito da dengue).

  • As libélulas são predadoras, tanto no estágio larval aquático e como adultos. Na água as larvas (chamadas "ninfas") se alimentam de uma grande variedade de invertebrados de água doce e as ninfas maiores podem alimentar-se de girinos e peixes pequenos. Os adultos às vezes comem mariposas, borboletas e espécies de libélulas ainda menores.

  • Uma única libélula pode comer centenas de mosquitos por dia.

  • São excelentes caçadoras, são de quase 100% o sucesso em conseguir matar as suas presas.

  • Os olhos da libélula tem cerca de 30 mil lentes, ela pode enxergar quase em 360 graus. A libélula é capaz de ver à frente, abaixo e atrás, tudo ao mesmo tempo.

  • Como todos os insetos, a libélula também tem seis pernas, mas a libélulas não podem andar.

  • A maior espécie de libélula do mundo se chama Petalura gigantea, nativa da Austrália, ela pode chegar a ter até 12 cm de envergadura.

  • No mundo existem cerca de 5000 espécies diferentes de libélulas, a grande maioria são encontradas em países tropicais como o Brasil.

  • As libélulas vivem em todos os continentes, exceto na Antártica. Elas vivem na maior parte do mundo, mas preferem morar perto de lagoas ou riachos.

  • As libélulas sofrem uma metamorfose incompleta, que inclui três estágios de desenvolvimento (ovo, larva e adulto), diferentemente das borboletas que sofrem uma metamorfose completa de quatro estágios (ovo, larva, pupa e adulto).

  • A maior parte da vida de uma libélula é gasta como uma ninfa, abaixo da superfície da água.

  • As libélulas são aviadores poderosos e ágeis, capazes de migrar pelo mar, se mover em qualquer direção e mudar de direção repentinamente. As espécies mais rápidas podem voar a cerca de 85 km/h. As libélulas também têm a habilidade pura de poder voar para trás.

  • De um modo geral, libélulas são inofensivas para os seres humanos e não mordem as pessoas. As libélulas não têm capacidade de picar.

  • Os predadores naturais da libélula são: os pássaros, as aranhas, os sapos e as espécies de libélulas maiores.

  • A vida adulta da libélula não dura muito. Os adultos vivem apenas o tempo suficiente para amadurecer e se reproduzir. Algumas espécies podem viver algumas semanas e outras espécies alguns meses na forma como adultos.

  • O ciclo de vida da libélula pode variar conforme a espécie. As maiores podem levar de dois a três anos , do ovo à forma adulta. O estágio na forma de ninfa pode durar mais de 2 anos.

  • Para os japoneses, a libélula simboliza o verão e o outono, são bastante admiradas e respeitadas, tanto que os samurais usam elas como um símbolo de poder, agilidade e o melhor de tudo, vitória.

  • Na China, as pessoas associam a libélula à prosperidade, harmonia e como amuleto da boa sorte.

  • Entre os nativos americanos, é um sinal de felicidade, velocidade e pureza.

  • Pureza porque a libélula come do próprio vento.


Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização.
Copyright © 2014- www.insetos.org Todos os direitos reservados.

20 Curiosidades sobre os percevejos de cama



  • Os percevejos de cama são insetos sem asas da ordem Hemiptera e da família Cimicidae.

  • Cimex lectularius é o nome científico do percevejo de cama.

  • O percevejo de cama é um Hematófago, ele se alimenta exclusivamente do sangue dos seres humanos e de outros animais.

  • Apesar de não ser estritamente noturno, o percevejo de cama tem o seu principal período de atividade durante a noite.

  • Os adultos apresentam coloração entre o avermelhado e o castanho, corpo achatado, de forma oval e sem asas, com 4-5 mm de comprimento.

  • Cimex lectularius é a espécie de percevejo que melhor se adaptou ao ambiente humano.

  • Embora os percevejos de cama não são conhecidos por transmitir doenças, uma série de efeitos adversos à saúde podem resultar das picadas de percevejos, incluindo erupções cutâneas, efeitos psicológicos, e sintomas alérgicos.

  • Há milhares de anos os percevejos são conhecidos como parasitas humanos, na Grécia antiga, em 400 a.C., os percevejos já eram conhecidos pelos gregos.

  • Os percevejos de cama são pequenos, mas podem ser vistos a olho nu.

  • Os percevejos de cama não podem voar e nem pular do chão para a cama.

  • O percevejo de cama pode viver por muitos meses sem se alimentar.

  • Os percevejos de cama são encontrados nas camas, em sofás, nas cadeiras e áreas perto de onde as pessoas dormem.

  • Os percevejos de cama são encontrados em quase toda parte, nas casas dos ricos, pobres e até nos hotéis 5 estrelas.

  • O ciclo de vida do percevejo de cama é de cerca de 40 dias, quando bem alimentado.

  • O Reduvius personatus, as baratas, as formigas, as aranhas, os ácaros e as centopéias são predadores naturais dos percevejos de cama.

  • O ovo de percevejo de cama se parece com um grão de arroz e mede cerca de 1,5 mm de comprimento.

  • A fêmea pode colocar até 500 ovos durante toda a sua vida adulta.

  • O percevejo de cama utiliza os feromônios e os cairomônios para se comunicar sobre locais de nidificação, alimentação e reprodução.

  • Há cerca de 92 espécies conhecidas de percevejos em todo o mundo, a espécie Cimex lectularius é a mais comum.
  • O acasalamento dos percevejos acontece via inseminação traumática.



Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização.
Copyright © 2014- www.insetos.org Todos os direitos reservados.

20 Curiosidades sobre os gafanhotos


  • Os gafanhotos são insetos da ordem Orthoptera.

  • Os gafanhotos são insetos hemimetábolos (não sofrem metamorfose completa).

  • Os gafanhotos são polífagos, se alimentam de folhas de vários tipos de plantas tais como: citros, arroz, soja, pastagens, alfafa, eucalipto e outras.

  • Existem cerca de 11.000 espécies de gafanhotos ao redor do mundo.

  • Em certos países, os gafanhotos são comidos como uma boa fonte de proteína.

  • O habitat dos gafanhotos: jardins, campos, plantações e florestas.

  • O gafanhoto faz a sua “música” esfregando a pata traseira nas nervuras rígidas da asa da frente.

  • O gafanhoto canta para atrair as parceiras.

  • O gafanhoto pode saltar 20 vezes o comprimento do seu corpo.

  • Como todos os insetos, o gafanhoto tem seis pernas, uma cabeça, tórax e abdômen.

  • Os pássaros, aranhas, besouros, e lagartos são predadores dos gafanhotos.

  • O gafanhoto pode ter entre 1,5 centímetro e aproximadamente 10 centímetros (considerando as espécies de maiores gafanhotos do mundo).

  • O gafanhoto pode ser da cor marrom, amarelo, cinza e verde.

  • A expectativa de vida média do gafanhoto na natureza é de aproximadamente 50 dias.

  • Os gafanhotos podem voar. A capacidade de voar é particularmente útil quando eles estão tentando escapar de predadores.

  • Os gafanhotos são insetos diurnos, o que significa que eles descansam durante a noite e são ativos durante o dia.

  • No Japão, os gafanhotos são considerados um sinal de boa sorte.

  • Um gafanhoto pode comer cerca de metade do seu peso corporal em material vegetal todos os dias.

  • Em todo o mundo, os gafanhotos causam bilhões de reais em danos às culturas alimentares anualmente.

  • Como um mecanismo de defesa, os gafanhotos cospem um líquido marrom, muitas vezes chamado de "suco de tabaco".

  • Curiosidade bônus
  • Sim o gafanhoto pode morder uma pessoa.



Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização.
Copyright © 2014- www.insetos.org Todos os direitos reservados.

20 Curiosidades sobre os vaga-lumes

Crédito imagem: Mike Lewinski

  • O vaga-lume é uma espécie de besouro voador, ele faz parte da ordem Coleoptera.

  • Existem cerca de 2000 espécies de vaga-lumes.

  • A espécie mais comum no Brasil é a Lampyris noctiluca, na qual apenas os machos são alados.

  • Os vaga-lumes estão entre as muitas espécies que são bioluminescentes, o que significa que eles podem produzir a sua própria luz.

  • Seus órgãos bioluminescentes localizam-se na parte inferior dos segmentos abdominais.

  • Os vaga-lumes são mais conhecidos como insetos noturnos, embora existam numerosas espécies que são diurnas.

  • Os vaga-lumes são os produtores de luz mais eficientes do mundo.

  • Os vaga-lumes são encontrados em quase todos os continentes, exceto na Antártida.

  • Na época do acasalamento, a fêmea emite uma luz amarelada. Isso atrai os machos para o acasalamento.

  • As larvas da maioria das espécies de vaga-lumes se alimentam de caracóis, vermes e lesmas.

  • Alguns adultos são predadores, enquanto outros se alimentam de néctar e pólen das plantas.

  • Muitos vivem nos pântanos ou nas áreas molhadas e arborizadas onde suas larvas têm fontes abundantes de comida.

  • Todas as larvas são capazes de produzir luz para deter os predadores.

  • A expectativa de vida média do vaga-lume na natureza é de aproximadamente dois meses.

  • Os vaga-lumes não picam, você poderá pegá-los em sua mão e olhar atentamente para eles sem se preocupar em ser picado.

  • A luz do vaga-lume pode ser amarela, verde ou laranja.

  • A poluição luminosa e a destruição do habitat são uma ameaça para os vaga-lumes.

  • Sofrem metamorfose completa.

  • A maioria das espécies de vaga-lumes é encontrada na Ásia e na América do Sul.

  • O sapo é um predador dos vaga-lumes.



fonte: www.insetos.org



Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização.
Copyright © 2014- www.insetos.org Todos os direitos reservados.

20 Curiosidades sobre o louva-a-deus


  • O louva-a-deus é um inseto da ordem Mantodea.

  • Há cerca de 2400 espécies de louva-a-deus e quase todas elas habitam áreas tropicais e subtropicais do planeta Terra. A maioria é encontrada na Ásia.

  • Seu nome popular decorre do fato de que, quando está pousado, o inseto lembra uma pessoa orando.

  • Os louva-a-deus são insetos relativamente grandes, de cabeça triangular, tórax estreito com pronoto e abdômen bem desenvolvido.

  • A expectativa de vida média do louva-a-deus na natureza é de 12 meses.

  • Os principais predadores dos louva-a-deus são as corujas, sapos, macacos e morcegos.

  • Você poderá encontrar um louva-a-deus no jardim e nas florestas.

  • Os parentes mais próximos do louva-a-deus são os cupins e as baratas.

  • Na Grécia Antiga e no Egito Antigo, o louva-a-deus era considerado um animal com poderes sobrenaturais.

  • O louva-a-deus é considerado um inseto predador.

  • O louva-a-deus se alimenta de insetos, mariposas, grilos, gafanhotos, borboletas, moscas e até mesmo de lagartos, sapos e pássaros.

  • O louva-a-deus não é venenoso.

  • O canibalismo sexual poderá ocorrer no acasalamento entre o louva-a-deus macho e a fêmea. A fêmea pode devorar a cabeça do macho.

  • Depois do fato consumado, a fêmea põe entre 10 a 400 ovos numa cápsula endurecida que deposita no chão, numa superfície plana ou enrolada em folha.

  • O louva-a-deus é um animal muito venerado na China.

  • Alguns estilos de Kung-Fu foram inspirados nos movimentos do louva-a-deus.

  • O louva-a-deus também é conhecido por cavalinho-de-deus.

  • Os jardineiros que preferem evitar o uso de pesticidas, utilizam o louva-a-deus no controle de outros insetos que são considerados pragas.

  • O louva-a-deus tem uma grande capacidade de se camuflar.

  • As fêmeas geralmente são mais pesadas e possuem o abdômen maior do que os machos.



Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização.
Copyright © 2014- www.insetos.org Todos os direitos reservados.

20 Curiosidades sobre as joaninhas


  • As joaninhas são um tipo de besouro.

  • As joaninhas fazem parte da ordem Coleóptera e da família Coccinellidae.

  • Podem medir de 1 até 10 milímetros.

  • Podem viver até 180 dias.

  • As joaninhas passam por uma metamorfose completa durante seu desenvolvimento.

  • As joaninhas vivem em jardins ao redor do mundo.

  • O nome cientifico para uma joaninha é “família Coccinellidae.”

  • Nos Estados Unidos as joaninhas são conhecidas como “ladybugs” e no Reino Unido são conhecidas como “ladybirds”.

  • São geralmente considerados insetos úteis.

  • As joaninhas se alimentam de outros insetos que são considerados pragas agrícolas, como os pulgões, afídeos, moscas da fruta, piolhos da folha entre outros insetos.

  • Durante toda a sua vida, uma joaninha pode comer até 5000 pulgões.

  • Se faltar comida, as joaninhas podem praticar o canibalismo.

  • Além da clássica cor vermelha, as joaninhas podem ser encontradas na cor amarela, laranja, verde, cinza, branco e marrom, algumas joaninhas tem corpos pretos com manchas coloridas, em vez de pontos pretos em um corpo colorido.

  • Há 5000 espécies diferentes de joaninhas no mundo.

  • São considerados besouros sagrados desde a Idade Média. Na Europa Medieval, as culturas foram tomadas por insetos. As pessoas começaram a morrer de fome, os camponeses decidiram orar à Virgem Maria para ajuda-los. Suas preces foram atendidas e as joaninhas foram enviadas para destruir essas pragas.

  • Durante toda a sua vida, a joaninha fêmea pode colocar até 1000 ovos. No entanto, nem todos os ovos são férteis, os ovos que não chocam servem de alimento para as larvas.

  • As joaninhas não são tóxicas para os seres humanos.

  • As cores brilhantes das joaninhas servem como advertência para os predadores ficarem longe.

  • Os principais predadores das joaninhas são os pássaros, rãs, vespas, aranhas e as libélulas.

  • As joaninhas são animais de sangue frio, elas hibernam no inverno.


Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização.
Copyright © 2014- www.insetos.org Todos os direitos reservados.

O que é uma joaninha?



Uma joaninha é um membro da família Coccinellidae, uma joaninha é um besouro (ordem Coleóptera). As joaninhas passam por uma metamorfose completa durante seu desenvolvimento.

As joaninhas se alimentam de outros insetos que são considerados pragas agrícolas, como os pulgões, afídeos, moscas da fruta, piolhos da folha entre outros insetos. As joaninhas vivem em jardins ao redor do mundo.

Além da clássica cor vermelha, as joaninhas podem ser encontradas na cor amarela, laranja, verde, cinza, branco e marrom, algumas joaninhas tem corpos pretos com manchas coloridas, em vez de pontos pretos em um corpo colorido.

Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização.
Copyright © 2014- www.insetos.org Todos os direitos reservados.